Public Flashing e Dogging: duas práticas sexuais em moda

Bárbara Peres    maio 27, 2015    Comentários desativados em Public Flashing e Dogging: duas práticas sexuais em moda

Diariamente, os tabus vão quebrando-se e as pessoas se mostram cada vez mais abertas a novas práticas e atividades sexuais. Como por exemplo, o movimento swinger e experiências com transexuais.

Enquanto essas experiências são vividas por pessoas de idade mais avançada, os mais jovens estão explorando a sexualidade através de duas modalidades exibicionistas. O Dogging e o public flashing tem chamado a atenção também dos voyers.

Estas tendências fazem parte de uma extensão das novas atividades sociais. Vivemos em uma sociedade individualista, onde as pessoas – em especial os jovens – são extremamente narcisistas. Gostamos de cuidar dos nossos corpos demasiadamente e mostrar tudo que fazemos em nosso cotidiano nas redes sociais. O maior exemplo disso, é a moda das selfies.

Este estilo de vida tem se estendido às práticas sexuais.

Foto via Twitter

Foto via Twitter

Os jovens estão praticando mais e mais o dogging. O movimento tem força não apenas na América Latina, mas também em alguns países da Europa, como a Espanha. A atividade consiste em praticar sexo com desconhecidos; isso pode parecer normal, se não fosse por um detalhe narcisista: o ato é realizado em locais públicos, com o objetivo se serem assistidos.

Geralmente essa prática é realizada em carros, praias ou estacionamentos. Muitas escorts do Skokka revelaram que cada vez mais seus clientes solicitam serviços em locais públicos.

Muitos consideram essas práticas negativas, pois seria uma falta de respeito aos demais e tem uma afirmação narcisista e individualista. Entretanto, muitos outros consideram que é positivo, pois estão tratando o sexo com mais naturalidade e sem tabus.

E qual é a sua opinião?