Diário de uma Escort: Dominatrix BDSM

No especial de hoje, falaremos de uma anunciante que se especializou no atendimento de dominação. Como ela, milhares de Rainhas ou Dommes, atendem exclusivamente com técnicas de BDSM. Hoje, contamos mais em Diario de Uma Escort.

Gostaríamos de ressaltar antes de tudo, que muitas anunciantes não realizam sexo com o cliente, apenas realizam os desejos deles, relacionados à prática BDSM que está dividida em três categorias, de acordo com a sigla:

Dominatrix e BDSM. O que significam?

1- Bondage: Técnica de amarração, que impõe a disciplina.

2- Sadismo/Masoquismo: Técnica relacionada com a prática de provocação. O perfil desse cliente pode ser de gostar de provocar ou ser provocado, sentindo dor.

3- Submissão: Dominação total através dos acessórios próprios utilizados para a prática.

BDSM Dominatrix

Anunciantes do Skokka que são especializadas em técnicas BDSM oferecem seus atendimentos.

Você é um BAUNILHA?

É a nomenclatura utilizada para definir os não praticamentes de BDSM. Poderá saber um pouco mais da atuação da nossa anunciante, que a chamaremos de forma anônima de Rainha Star.

Nos contou que seu público é basicamente masculino. São poucas as mulheres que buscam esse tipo de atendimento. Segundo ela, por uma questão psicológica mesmo, porque alguns homens no dia-a-dia são chefes de família ou o dominante da situação em âmbitos profissionais, e buscam nesta prática uma maneira de liberar emoções e relaxar.

As sessões variam entre 1h,1h30 e no máximo 2h. São realizadas no seu local, que está preparado com todos os acessórios necessários, tais como o mural com correntes, chamado de Cruz de Santo André; ou cavaletes para a prática do spanking ou inversão de papéis.

Antes mesmo do início da sessão, ela combina uma safe-word (palavra de segurança). Tudo é consensuado previamente, mas claro que os limites serão ultrapassados de forma respeituosa, diz ela.

BDSM Dominatrix

Uma das técnicas favoritas é o Dogplay.

Quais são as práticas oferecidas?

Além do famoso cachorrinho da Rainha, são elas:

Asfixia -Axilismo- Anal Play -Bondage – Chastity (castidade) – Clamp (nipples)/mamilos -CBT Cock and Ball Torture – Feminilização – Cuckold (corno manso) – Eletroestimulação/eletrochoque – Ponei da Rainha- Tapas na cara – Mobiliário humano – Facesitting – Cócegas – Tapetinho da Rainha – Humilhação verbal e degradação – Chuva prateada – Podolatria – Mumificação – Massagem prostática – Enfermeira sexy – Provocar e negar – Spankin – Sissy –
Privação de sentidos – Water play – Play com cigarro – Velas e  claro, a famosa inversão.

A Rainha opina que ultrapassar limites não signifca desrespeitá-los. São coisas totalmente diferentes, frisa.

A maioria dos seus clientes adoram o torturador genital, composto por duas argolas ligadas que são colocadas no pênis e no saco escrotal e receber choques de leve intensidade. Sem contar os que gostam de apanhar com uma vara de bambu, chamada de caning, deixando marcas relevantes.

E você, já viveu uma experiência BDSM? Deseja que uma linda mulher te coloque uma coleira ou quer apanhar com uma palmatória de couro?

No Skokka você encontra as melhores profissionais do mundo BDSM. Prove aqui!

Anita 😽

2 thoughts on “Diário de uma Escort: Dominatrix BDSM

  1. Bruxo

    Olá de novo Anita!
    O primerio, eu também nâo sâo de BDSM, así que serei um Baunilha (ademáis de pola minha pele, jeje). Pêro respeito a todos aqueles que si curtem com isso.
    Já tenho visto algum reportagem na tv, e também lim alguns artigos ou post sobre do tema, por ejemplo o da safe-word e varias das práticas já os conhecía. Interessante conhecer o que fala alguem que si prática o BDSM.
    Beijinhos.
    😘😘😘

    1. Anita Post author

      Olá Bruxo!
      Eu também sou outra baunilha. Não me atraem nenhuma das práticas, mas achei muito interessante tudo que me contou nossa anunciante.
      Sou super a favor que as pessoas liberem seus desejos!
      Bom fim de semana.

Comments are closed.