Trampling: a prática sexual que dá aquele tesão por ser pisado!

Anita    agosto 9, 2018    Comentários desativados em Trampling: a prática sexual que dá aquele tesão por ser pisado!

Conhece o Trampling ? Em inglês literal essa expressão significa pisotear é um fetiche que consiste exatamente nisso: pisar um indivíduo, normalmente do sexo oposto, sendo mais comum uma mulher pisando um homem. Mas, o sexo e suas brincadeiras não entendem de gêneros, então em algumas ocasiões os papéis mudam.

Os adeptos desta parafilia sentem tesão e se excitam ao ser pisado por outra pessoa, descalça ou não, por todas as partes do seu corpo, como peito, barriga e até mesmo cabeça e órgãos genitais. O uso de salto alto é muito comum para a realização deste fetiche.

Trampling e o BDSM

Muitas vezes o Trampling é relacionado ao sadomasoquismo e à podolatria. Principalmente por tratar-se de técnicas que visivelmente um dos participantes é submetido (quem é pisado) e também porque, em muitas ocasiões, o mesmo é um fetichista de pés e calçados.

Trampling pratica

Pisa em mim?

Incrívelmente as pessoas sentem prazer ao ser pisadas, sim. Antes de mais nada, é importante destacar que os praticantes relatam que é uma sensação repleta de harmonia e prazer. A entrega à pessoa que vai percorrer seu corpo de acordo com sua vontade é, simplesmente, total e absoluta, confessam.

Apesar disso, é uma prática considerada de alto risco e requer um controle prévio do próprio corpo, portanto a respiração e o equilíbrio são importantes para evitar lesões.

O chão já não terá sua função de suportar e sim, a parte do corpo que será pisada.

Trampling dicas

Sapatos de salto alto e a prática do Trampling

A situação mais típica nesta prática sexual é que uma mulher caminhe ou pise um homem, calçada com salto alto. Mesmo assim, poderá ser o contrário, por que não? A base para estas práticas é o consenso, a segurança , a confiança e sem dúvida, a busca do prazer.

O salto alto é um grande elemento excitante para muitos homens. Além disso, em caso que sejam do tipo agulha faz com que as sensações sejam mais doloridas (não esqueça que na submissão, dor e prazer se misturam em sensações diferentes). Evidentemente, se nunca provou e quer matar a curiosidade, o melhor é começar a praticar com os pés descalços, passo a passo, ao pé da letra.

Dor e prazer de mãos dadas e pés entregues

Considerando que a dor existe, os praticantes dizem que a melhor forma de submeter-se é contraindo os músculos ao máximo para que não machuque os orgãos vitais. Desta forma, poderá pular  em cima como quiser, e não machucará nada.

O que faz que a pessoa seja viciada neste tipo de práticas é não saber onde está o limite entre o prazer e a dor, entre chorar e rir. Se entregam às emoções e sensações, atiçados pelo tesão que proporcionam.

Trampling salto alto

Colocando em prática 

  • O recomendado é pisar sobre as bases do corpo da outra pessoa: peito, costela, costas ou pernas. Cuidado com regiões sensíveis como os peitos, os genitais e partes vitais do corpo.
  • Apoie-se: manter o equilíbrio sempre é importante para quem pisa.
  • Cuidado com o salto alto. Os do tipo agulha pode chegar a atravessar um crâneo e isso já não é um a brincadeira.
  • Quando mais risgo apresente uma prática (como é o caso) mais devagar deve ser feito, sem pressas porque nossa sexualidade não é questão de “tudo ou nada”.
  • Para concluir: se propõem algo que você não quer provar, simplesmente diga que não!

Skokka e os praticantes de Trampling

Já sabem que nos classificados eróticos do Skokka você sempre encontrará as melhores companhias e claro, todos os fetiches.

Sendo o líder mundial do segmento, difícil é não encontrar o que desejamos. Neste caso, podem colocar à prova o que dizemos de forma tão convencida. Basta colocar a palavra Trampling na lupa de busca geral do site e… Surpresa!

A Rainha Dominadora Domme Michelli

trampling Domme Michelli

Clique aqui e conheça a anunciante Domme Michelli de Curitiba!

Júlia realizadora de fetiches

Trampling Julia

Clique aqui e conheça a anunciante Júlia de Canoas.

Skokka e as redes sociais

Neste blog do Skokka é onde falamos do que mais gostamos: Sexo!

Sendo assim, se é a primeira vez que pisa por aqui, volte sempre! Acompanhe também nas redes sociais: Twitter, Facebook e Instagram!

Mande seus comentários e sugestões através do social.br@skokka.com e participe ativamente dos nossos temas. Falar de sexo de forma descontraída e sem tabus, este é nosso objetivo.

Se o seu é colocar em prática suas fantasias e fetiches, basta acessar o Skokka aqui!