Beijo grego: deixe logo o tabu de lado e renda-se ao prazer

Anita    outubro 15, 2018    Comentários desativados em Beijo grego: deixe logo o tabu de lado e renda-se ao prazer

Beija-me, beija-me muito! Se for beijo grego, melhor!

Isso mesmo, seja qual for o tipo de beijo, sempre será pura demonstração de carinho, estreitamento de vínculos e sensação de prazer. Principalmente na hora do sexo, que acaba sendo fundamental para aumentar a excitação durante as preliminares e manter o tesão durante a transa.

O que é o beijo grego?

Uma técnica que consiste em acariciar o ânus e intercalar carinhos com lambidas para que o sexo se renove e possa provar novas sensações. É ótimo para que seja provado depois de uma conversa entre parceiros, deixando o clima propício. Já tentou?

Origem do beijo grego

As civilizações antigas foram as responsáveis por dar forma à sexualidade ao longo da história. O beijo grego é um exemplo. Seu nome vem da Grécia Antiga e antes era praticado apenas pelos homens, durante as famosas orgias.

Sua eficácia como lubrificante é considerada perfeita para o sexo anal e a penetração. Sendo assim, com o tempo tanto os homens quanto as mulheres começaram a praticar, tornando-se uma prática universal tanto de casais heterossexuais quanto homossexuais.

beijo grego como fazer

Vergonha de fazer beijo grego

Depois de uma conversa inicial entre o casal, se recomenda praticar. Neste caso do beijo grego o diálogo é importante porque nenhum dos dois podem sentir vergonha e é importante conversar principalmente sobre as expectativas de cada um.

É fundamental que sintamos prazer no sexo. Então, tentar alternativas para sentir mais tesão com o (a) outro (a) é normal. Sendo assim, se você tem desejo de experimentar, deixe o receio de lado e experimente.

No começo pode parecer um pouco diferente a sensação, mas justamente a prática torna tudo mais fácil e prazeroso. Libere-se!

Como fazer o beijo grego

Nas preliminares é o momento adequado para acariciar os glúteos, deslizando os dedos para a região anal. Em caso que o casal se sinta confortável, também é possível introduzir o dedo no ânus. Sem dúvida ajudará a criar um clima, estimulando para o beijo grego.

Também se recomenda dar beijinhos e lambidas nos glúteos, aproximando a língua ao ânus e lambendo as paredes de cada uma das nádegas com  movimentos circulares ou horizontais e verticais.

Aquele que estiver fazendo o beijo grego poderá acariciar a genitália do parceiro (a) com as mãos. Sendo o homem que esteja recebendo o beijo grego, será possível fazer carinho na região do saco escrotal ou masturbar o parceiro. Caso seja a mulher que esteja recebendo, é possível acariciar sua vagina e introduzir o dedo.

Outra possibilidade é fazer o caminho contrário. Começando pelo sexo oral e na sequência, deslizar para o ânus do parceiro (a) devagarzinho.

beijo grego sexo anal

Como se preparar para o beijo grego

A higiene é muito importante na hora de fazer o beijo grego. Deve-se lavar a região antes de começar a relação sexual. Durante o banho, separe uma nádega da outra e deixe a água escorrer na região. Use um pouco de sabonete neutro no ânus e esfregue delicadamente com os dedos.

Atentos à quantidade de pelos na região. Depilar ou aparar os pêlos do ânus ajudará a diminuir o acúmulo de fezes.

Sabia que existem camisinhas feitas para usar na língua? No entanto, elas não protegem os lábios do contato com o ânus. Para essas ocasiões, se recomenda usar um preservativo que pode ser masculino ou feminino, rasgá-lo e colocá-lo como se fizesse uma barreira sobre o ânus. Com isso, dá para chupar e lamber em cima do preservativo.

Um casal que realiza beijo grego demonstra ter uma cabeça aberta a experimentar diferentes vivências no sexo. Isso é importante na entrega e vontade de satisfazer as fantasias do parceiro (a) e as próprias.

beijo grego skokka

Benefícios do beijo grego

Quer sentir picos de prazer durante o sexo?

A boca e o ânus são regiões que contam com muitos nervos e quando estimuladas, se dilatam. Portanto, a prática do beijo grego aumenta o tesão tanto para quem pratica quanto para quem recebe.

Além disso, aumentará a intimidade do casal, pois para que ele aconteça de forma prazerosa é preciso que exista conexão entre ambos. Sem dúvida, mais uma prática sexual a ser explorada apimentando a relação e dando um basta na rotina.

Quando não fazer beijo grego

Existem situações que não se recomenda o beijo grego:

  • Quando quem for receber esteja com algum problema gastrointestinal
  • Quando a pessoa que for receber estiver com gases
  • Quando não tiver higienizado a região do ânus.

Skokka e o beijo grego

Quer fazer aquela prova de fogo de encontrar em poucos segundos alguém que gosta desta prática?

Então, acesse agora mesmo o Skokka!

Acompanhe mais assuntos sobre sexo por aqui e nas redes sociais: Facebook e Twitter.

Se ainda não fez seu anúncio grátis, o que está esperando? Faça aqui!